Iscas Pet

De fácil confecção e muito efetivas, as  iscas pet são uma ótima maneira de conseguir enxames sem prejudicar as colmeias da região, principalmente para quem está iniciando na meliponicultura e ainda não tem caixas para divisão.

Cada meliponicultor tem suas técnicas e dicas para confeccionar e espalhar as iscas de acordo com a região e espécies que deseja capturar, algumas mais efetivas outras menos mas no geral com bons resultados.

Segue abaixo um passo a passo para confeccionar e espalhar as iscas pet, com base em experiências feitas em MG na região metropolitana de BH.

Materiais necessários:

  • Garrafas pet de refrigerante ou água mineral por exemplo (para abelhas menores garrafas de 1,5l ou 2l e para abelhas maiores de 3l, 3,3l ou 5l );wp_20160611_14_36_40_pro
  • Atrativo para abelhas sem ferrão (pode ser feito ou conseguido com algum meliponicultor);
  • Entra para a isca (pode ser usado conexões em L ou curvadas para canos ou mangueiras, cabos de vassoura furados em forma de L ou a própria tampa da garrafa); wp_20160611_14_51_19_pro-2
  • Jornal;
  • Saco de lixo, lona ou plástico escuro;
  • Fita adesiva;

Atrativo

O atrativo é feito misturando cera, resina e própolis (ou geoprópolis) da espécie que deseja capturar em álcool de cereais, álcool 92,8º vendido em supermercado ou etanol usado para abastecer automóveis. O álcool 46,2º vendidos em supermercados não deve ser usado pois não vai conseguir dissolver os produtos das abelhas.

Usar a cera, resina e própolis (ou geoprópolis) da espécie desejada vai trazer mais efetividade às capturas, porém é possível fazer o atrativo sem usar os 3 componentes ao mesmo tempo, por exemplo usando cera e própolis ou própolis e resina. Caso não seja possível conseguir cera, resina e própolis (ou geoprópolis) da espécie que pretende capturar pode-se usar de outras espécies também, mas talvez não seja tão efetivo.

Não há uma proporção exata para fazer a mistura dos produtos das abelhas ao o álcool. Quanto maior a porcentagem de cera, resina e própolis (ou geoprópolis) em relação ao álcool mais concentrado ficará o atrativo e menos demãos serão necessárias nas garrafas.

Feita a mistura basta colocar em um recipiente fechado e agitar bem várias vezes ao dias por cerca de 10 a 15 dias.

O atrativo ou os produtos das abelhas para confecção do atrativo podem ser conseguidos com algum meliponicultor ou pela internet caso não tenha nenhum enxame para retirar.

Montando a isca

  • Coloque o atrativo na garrafa pet que vai virar isca, tampe e vá girando a garrafa lentamente na horizontal de forma que o atrativo fique em contato com toda parte interna da garrafa. Depois de algum tempo girando a garrafa volte com o atrativo para o recipiente que estava armazenado e coloque a garrafa para secar ao sol. Depois da garrafa seca repita o procedimento por pelo menos mais duas vezes ou mais dependendo da concentração do atrativo. Terminado o processo o interior da garrafa ficará bem escuro.wp_20160916_18_04_33_pro
  • Uma boa prática que pode aumentar a efetividade da isca e com certeza vai ajudar o enxame a se estabelecer mais rápido após a enxameação é colocar um um pouco de cera derretida na isca após terminar as demãos do atrativo.wp_20160916_18_18_45_pro
  • Depois de preparada a garrafa com o atrativo e cera (opcional) as entradas da isca devem ser preparadas. Dê preferências para entradas em formato de L ou curvadas para que não entre muita luz dentro da isca, mas caso não seja possível consegui-las pode-se usar as tampas da garrafa furada. Uma coisa muito importante a se observar é que se pretende capturar um espécie maior e que tenha muita movimentação deve-se usar entradas com espessura maior e para abelhas menores o contrário. Depois as entradas devem receber pelo menos três demãos do atrativo, deixadas secar e se possível um pouco de cera derretida.

wp_20160916_18_16_17_pro wp_20160916_18_16_16_pro wp_20160916_18_16_36_pro

  • Após preparar as garrafas e as entradas é hora de fixar a entrada na boca da garrafa.

wp_20160611_16_59_18_prowp_20160916_18_18_49_pro

  • Dando continuidade, fure pequenos buracos no fundo da garrafa conforme marcado na imagem abaixo. Esses buracos vão ajudar a regular a umidade dentro da isca. wp_20160916_18_17_41_pro

 

  • O próxima passo é encapar as garrafas com jornal. Esse jornal vai ajudar um pouco na regulação térmica da isca e vai sugar a umidade em excesso pelos furos feitos no passo anterior.

wp_20160916_18_22_39_pro wp_20160916_18_27_51_pro

  • Depois  de encapadas com jornal as garrafas devem ser encapadas com o saco de lixo, lona ou plástico escuro. Encape bem as garrafas com o plástico para que não possa entrar água em caso de chuva e a isca está em ambiente descoberto.wp_20160916_18_37_56_pro
  • Pronto, as iscas estão prontas! Agora é só espalhar.

Dicas para colocar as iscas

  • Quando for colocar as iscas procure locais que geralmente as abelhas poderiam usar para nidificar, árvores grossas, buracos em cupins, ocos de árvores, embaixo de telhas, buracos em muros, etc. Locais que tenham boa luminosidade mas que não fiquem muito expostos ao sol, vento ou qualquer tipo de barreira.

 dsc07913 wp_20160515_15_30_05_rich

  • Se for colocar iscas em ambientes de mata, procure as árvores nas extremidades onde há mais luminosidade e não no meio da mata.

 17-09-2016-1 wp_20160910_16_08_00_pro

  • Outra boa dica é sempre que possível revestir as iscas com cascas de árvores secas e camuflá-las bem.17-09-2016-8 17-09-2016-16 wp_20160514_16_09_12_pro
  • Uma coisa importante é sempre fixar bem as iscas para que não haja perigo de queda e inspecioná-las regularmente.
  • Quanto a melhor época para se colocar iscas, depende da região. Geralmente a primavera porém aqui em minhas, na região metropolitana de BH pelo menos, observamos que do meio do inverno para frente já há bastante sucesso, principalmente com as scaptotrigonas. Mas o melhor mesmo é fazer os testes na sua região espalhando iscas durante o ano para ver qual a melhor época para captura.

É isso pessoal, caso tenham alguma dúvida entrem em contato por e-mail, facebook ou apareça em uma de nossas reuniões. Boas capturas!

wp_20160730_12_08_24_prowp_20150829_16_49_44_prowp_20150807_15_56_51_rich wp_20160515_15_29_50_prowp_20160811_14_14_59_prowp_20160515_11_27_21_richwp_20160718_13_52_26_pro

Autor: Wagner Vilela

Compartilhar este post