Abelhas sem ferrão – requisitos ideais para a criação

Foto de João Pessoa - PB

Foto de João Pessoa – PB

O ideal é que a espécie escolhida para a criação tenha as seguintes características:

-Existir em quantidade;
-Ser criada há muito tempo racionalmente;
Produzir mel em quantidade;
-Não possuir hábitos sujos;
Existir na região;
-Ser de fácil multiplicação.

É importante o meliponicultor tome alguns cuidados gerais como:

-Em épocas de escassez de flores, pode ocorrer falta de alimento nas colmeias, especialmente em áreas superpovoadas. É importante que o meliponicultor verifique, periodicamente, o estado de suas colmeias e, em caso de fome, alimentá-las artificialmente;
-As abelhas, em geral, são insetos muito importantes para a polinização e devem ser preservadas. Uma das formas de se fazer isso é preservar colônias naturais;
-As abelhas mais comuns na área onde está instalado o meliponário devem ser as preferidas pelo meliponicultor, desde que atendam aos seus objetivos. Na tentativa de obter colmeias de abelhas raras na região onde se encontra, o meliponicultor pode inadvertidamente estar contribuindo para a extinção destas abelhas, pois muitas delas não se adaptam às condições de criação.

Para que a criação racional desta espécie seja viável, são necessários alguns requisitos:

-Fonte de alimento (mata nativa) abundante, distante, no mínimo, 500 m e, no máximo, 1000 m;
-O pasto meliponícola deve possuir plantas com diferentes épocas de floração visando à alimentação durante o ano inteiro;
-Deve haver água limpa e corrente distante, no mínimo, 50 m e, no máximo, 100 m;
-Local sombreado;
-Ausência de poluentes;
-Ausência de fortes correntes de vento;
-Conhecimentos técnicos de manejo e reprodução da espécie;
-Paciência, observação, dedicação e respeito pelo meio ambiente.

Fonte: CPT 02/03/2015
http://www.cpt.com.br/cursos-criacaodeabelhas/artigos/abelhas-sem-ferrao-requisitos-ideais-para-a-criacao#ixzz3TCqjlDmO

Autor: Vinícius Gonzaga

Compartilhar este post

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *