Boca-de-Sapo (Partamona helleri)

Foto de CPT

Foto de CPT

A Partamona helleri é uma abelha bastante agressiva. Ao se sentir ameaçada, enrosca nos cabelos e pêlos da vítima, além de mordiscar a pele com suas mandíbulas. É conhecida popularmente como Boca-de-Sapo, por construir a entrada do seu ninho em forma de uma boca grande de sapo, feita de barro com própolis. A abelha Boca-de-Sapo não gosta dos ventos gelados e úmidos da região serrana, preferindo sempre lugar mais seco e quente. É uma espécie grande coletadora de pólen, visitando muitas espécies de plantas. Por isso, é um inseto muito importante para a polinização das árvores.

Ocorrência

A abelha Boca-de-Sapo é encontrada na Bahia, no Espírito Santo, em Minas Gerais, no Paraná, no Rio de Janeiro, em Santa Catarina e em São Paulo.

Morfologia

A Partamona helleri possui a coloração do corpo negra e brilhante, com as asas maiores que a sua extensão corporal.

Ninho

A Boca-de-Sapo costuma construir o seu ninho, no alto (aéreo), apoiado em superfícies como oco de arvores, vasos de plantas, postes, blocos de cimento, forro de casa, laje e cumeeira de telhado. A entrada do seu ninho tem a forma de uma boca grande de sapo, feita de barro com própolis.

Mel

O mel da Boca-de-Sapo é aguado, mas muito saboroso. No entanto, sua produção é mínima.

Um hábito peculiar

Um fator que deixa muitos com dúvida em relação à higiene da Boca-de-Sapo é o seu hábito de  usar excremento de animais, na parte externa de seu ninho, nos períodos de seca, já que falta o barro, elemento essencial para a construção dos ninhos.

Fonte: CPT 28/02/2015
http://www.cpt.com.br/cursos-criacaodeabelhas/artigos/abelhas-sem-ferrao-boca-de-sapo-partamona-helleri#ixzz3T36jQNZp

Autor: Vinícius Gonzaga

Compartilhar este post

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *